Image

Semente de tomate faz mal?

Apesar de ser considerado por muitas pessoas um vegetal , o tomate é um fruto, já que possui sementes. Ouvimos muito falar dos benefícios que esse fruto pode trazer, como diminuir o risco de doenças cardiovasculares, prevenir o câncer de próstata, aumentar as defesas do organismo e cuidar da pele, do cabelo e da visão.

E todos esses benefícios que são atribuídos ao tomate é decorrente do fato dele ser rico em vitamina C, potássio e folato, além de ser a principal fonte de licopeno, um antioxidante com propriedades anticancerígenas. E como existem muitas dúvidas acerca do consumo das sementes que trazem algum risco para saúde, separamos alguns mitos e verdades sobre o assunto. 

1. Possuem muitos agrotóxicos

Isso varia de acordo com a quantidade que é aplicada na produção e cada país tem suas regulamentações sobre o uso de agrotóxicos. Por isso o recomendado é que lave bem os tomates com água e sal, cozinhar o fruto também ajuda a reduzir as substâncias tóxicas.

Outra opção é a compra de tomates orgânicos, já que esses devem ter um nível mais baixo de pesticidas orgânicos.

2. Causam pedras nos rins

Isso depende de alguns fatores. O tomate é rico em oxalato e com isso teria a possibilidade de aumentar o risco de ter pedras de oxalato de cálcio nos rins e este é o cálculo renal mais comum nas pessoas e se for o caso da pessoa ter a facilidade de formação de pedras o recomendado é que se evite consumir o fruto em grande quantidade.

Lembrando que se a pessoa tiver algum outro tipo de pedra no rim, não há restrições quanto ao consumo do tomate.

3. Fazem mal ao pâncreas e a vesícula

Isso não é verdade, pelo contrário o tomate contribui para a saúde do pâncreas e também da vesícula, ajudando no bom funcionamento do sistema digestório e na eliminação das toxinas.

4. As sementes de tomate causam apendicite

Não existe nada que comprove que o consumo de sementes do tomate causa apendicite, em alguns casos observaram que a apendicite foi decorrente do consumo de tomates e outras sementes, então há casos que podem acontecer mas não existe nada que seja totalmente comprovado.

5. Pioram as crises de diverticulite

Sim, a pele e a semente do tomate podem piorar as crises, já que quem tem diverticulite o recomendado é que faça uma dieta com poucas fibras. Mas atenção, caso você não tenha diverticulite ou a mesma esteja controlada não tem nenhuma restrição quanto ao consumo do fruto, apenas em momentos de crise não é aconselhado que coma tomate.

6. Tomate protege contra o câncer de próstata

Como já falado muitas vezes o tomate tem muitos benefícios e consequentemente previne as pessoas de diversas doenças e o câncer de próstata é uma delas, isso se dá ao fato do fruto ter substâncias antioxidantes como o licopeno e vitamina C.

7. As sementes de tomate ajudam a manter a circulação mais fluida

O tomate ajuda a microbiota intestinal a produzir a vitamina K, que é a responsável pela coagulação sanguínea e por conta disso o fruto e seu consumo não torna o sangue mais fluido.

8. Semente de tomate é proibida na gota

Mesmo alguns estudos indicando que o tomate pode desencadear a crise da gota não existe nada que seja comprovado, com os estudos passaram a acreditar que o fruto poderia influenciar no aumento da produção de urato.

O urato é formado a partir da ingestão de alimentos ricos em purina, como carnes vermelhas, mariscos e cerveja, e quando é encontrado no sangue de forma elevada existe um maior risco de gota.  Os tomates, porém, têm pouca purina, porém tem altos níveis de glutamato, um aminoácido que só é encontrado nas comidas com alto teor de purina e que poderia ser capaz de estimular a síntese de urato.

TOMATE VERO

O Tomate Vero é o novo conceito de tomate italiano com sabor de verdade, cor e frescor. O fruto foi desenvolvido pela Horticeres Sementes, tradicional marca brasileira de sementes e hortaliças. Para conferir mais dicas como essa, continue nos acompanhando pelo Instagram e Facebook.